Eu estive lá…

Reportagem Palavras Andarilhas 2007

No passado mês de Setembro fiz as malas e fui para a cidade de Beja para mais uma vez beber do elixir das Palavras Andarilhas. Este ano fiquei por lá uma semana, uma vez que participei num workshop com Ana Castellano, uma excelente contadora vinda de Madrid. A formação durou três dias. Nela deu para recordar e reinventar o modo de contar. Estive com a malta dos contos de Oeiras que também participou no workshop, de forma que o ambiente de formação foi muito porreiro.

Imagem(819)              Imagem(822)

                   A formadora Ana Castellano                                                         Exposição de Ilustração na "CASA"

Ao nível do alojamento, fiquei muito bem instalado na recém-reaberta Hospedagem Rocha, a qual recomendo a todos os que se deslocarem a Beja. O espaço sofreu remodelações e está fantástico, continuando com preços acessíveis. 

Ao nível do Encontro de Contadores, este ano houve muitas novidades. O evento saiu para a cidade, ocupando um jardim no centro da mesma. A animação foi uma constante com uma praça decorada a preceito, uma casa com uma exposição de ilustrações (e não só), uma feira do livro e uma igreja onde à noite todos se juntavam para ouvir "a palavra". O local estava muito bonito, as actividades aconteceram em vários locais, houve até contadores que, vendo uma pequena multidão, sentaram-se no meio da praça e começaram a contar. Tenho algumas fotos da "Casa" que deixo aqui mas é difícil descrever por palavras ou imagens o que lá se viveu e sentiu.

Imagem(821)               Imagem(820)

                                                                                  Pormenores da "Casa"

Na noite dos Andarilhos estive a contar e num dos dias participei num projecto muito giro que foi desenvolvido nas instalações de uma antiga farmácia desactivada. Chamou-se "Consultório de contos" e consistiu num espaço onde as pessoas faziam uma marcação para uma consulta individual. Depois eram atendidas por um contador. Expunham o seu problema e ouviam uma história que trouxesse alguma luz ao seu problema. Da minha parte, atendi um menino de dois anos, uma jovem e uma senhora. Adorei o projecto e a experiência de contar apenas para uma pessoa. Pensar que um conto pode dizer muito e até pode mudar a vida de uma pessoa é maravilhoso.

Anúncios

0 Responses to “Eu estive lá…”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivo

Calendário

Outubro 2007
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Eu no Twitter

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 5 outros seguidores


%d bloggers like this: