Novidades da Peça “O Dia das Mentiras”

O Pano volta a subir e tudo volta a acontecer.
 
 
Tem sido assim todas as semanas de quarta a domingo desde que a peça iniciou as suas apresentações. O Teatro é isso mesmo, uma espécie de ritual onde tudo acontece uma vez e mais outra e outra vez. No entanto, para os actores, cada espectáculo é único. Ora há um pequeno engano ali, ora há um atraso na marcação ali, ora o público reage de maneira inesperada. A sensação de que tudo está controlado mas que a qualquer momento pode perder o controlo é estranha. Mas é isso que dá adrenalina e faz viver o teatro.
 
Bem, hoje aproveito para deixar-vos mais umas fotografias da autoria de Clementina Cabral e aproveito para dar a conhecer melhor Almeida Garrett.
 
O%20Dia%20das%20Mentiras%20(Img1)     O%20Dia%20das%20Mentiras%20(Img2)    O%20Dia%20das%20Mentiras%20(Img3)
 
 
Um pouco sobre Almeida Garrett
 
thumbs_sapo_pt
 

ALMEIDA GARRETT
(1799-1854)
João Baptista da Silva Leitão de Almeida Garrett nasceu em 1799 no Porto e faleceu em Lisboa em 1854 .
É provavelmente o escritor português mais completo de todo o século XIX, porquanto nos deixou obras-primas na poesia, no teatro e na prosa, inovando a escrita e a composição em cada um destes géneros literários.
Foi o introdutor do Romantismo em Portugal com o poema "Camões", 1825, desenvolveu o teatro (criando o Teatro Nacional e escrevendo obras de repertório, entre as quais se conta a obra-prima (Frei Luís de Sousa, 1843), cultivou o romance histórico (O Arco de Sant’Ana, 1845) e foi um notável poeta do amor e das suas contradições, da sensualidade e da mulher.

A VIDA
Na infância recebeu uma formação religiosa e clássica. Concluiu o curso de Direito em Coimbra, onde aderiu aos ideais do liberalismo. Em 1823, após a subida ao poder dos absolutistas, é obrigado a exilar-se em Inglaterra onde inicia o estudo do romantismo (inglês), movimento artístico-literário então já dominante na Europa.
Regressa em 1826 e passa a participar na vida política; mas tem de exilar-se novamente em Inglaterra em 1828, depois da contra-revolução de D. Miguel. Em 1832, na Ilha Terceira, incorpora-se no exército liberal de D. Pedro IV e participa no cerco do Porto.  Exerceu funções diplomáticas em Londres, em Paris e em Bruxelas. Após a Revolução de Setembro (1836) foi Inspector Geral dos Teatros e fundou o Conservatório de Arte Dramática e o Teatro Nacional.
Com a ditadura cabralista (1842), Garrett é posto à margem da política e inicia o período mais fecundo da sua produção literária. Durante a Regeneração (1851) recebe o título de visconde e é nomeado Ministro dos Negócios Estrangeiros.

A OBRA
Tem o grande mérito de ser o introdutor do Romantismo em Portugal ao nível da criação textual – processo que iniciou com os poemas Camões (1825) e D. Branca (1826).
Ainda no domínio da poesia são de destacar o Romanceiro (recolha de poesias de tradição popular cujo 1.º volume sai em 1843), Flores sem Fruto (1845) e a obra-prima da poesia romântica portuguesa Folhas Caídas (1853) que nos dá um novo lirismo amoroso.
Na prosa, saliente-se O Arco de Sant’Ana (1.º vol. em 1845 e 2.º em 1851), romance histórico, e principalmente as suas célebres Viagens na Minha Terra (1846). Com este livro, a crítica considera iniciada a prosa moderna em Portugal.
E quanto ao teatro, deve mencionar-se Um Auto de Gil Vicente (1838), O Alfageme de Santarém (1841), o famoso drama Frei Luís de Sousa (1844), Falar verdade a Mentir (1846) e O Noivado do Dafundo (1848).

 
Anúncios

1 Response to “Novidades da Peça “O Dia das Mentiras””


  1. 1 paulo 11/03/2008 às 07:42

    Olá amigo Bruno1
     
    Mais uma vez fiquei contente ao vir ao teu blog, pelo aqui que escreve nota-se que estas satisfeito com a peça " O DIA DAS MENTIRAS".
     
    Aquelo abraço e até um dia destes se Deus quizer.
     
    Paulo Santos
     


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Arquivo

Calendário

Março 2008
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Eu no Twitter

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 5 outros seguidores


%d bloggers like this: