Archive for the 'Sugestões' Category

Bruno regressa ao Carregado

Bruno no Centro Social e Paroquial do Carregado

Foi no passado dia 13 de Julho que estive no Centro Social e Paroquial do Carregado, tal como tem acontecido todos os anos. O convite surgiu mais uma vez da Animadora do Centro, minha colega da universidade, e que faz questão da minha presença para dinamizar uma sessão de contos para os idosos do centro e para dar um workshop aos funcionários da instituição.

Para mim é sempre um prazer ir lá pois sou sempre muito bem recebido e as coisas têm corrido muito bem nos últimos anos. Este ano não foi excepção. No entanto, percebi que me tinha tornado uma pessoa muito famosa naquele centro pois toda a gente falava “do rapaz da coisa”, fruto de uma história contada há dois anos e que teve muito sucesso por juntar de forma muito dissimulada um pouco de picante à narrativa “O rapaz e a gaita mágica”.

Este ano os idosos andavam super excitados, tal como pude comprovar e ouvir da minha colega. Os que já me conheciam falavam do tal “rapaz da coisa”. Os que não me conheciam perguntavam “mas que coisa é essa?”, “vai ouvir as histórias e verás”. “Que excelente forma de publicidade”, pensei eu.

Quando cheguei à sala, já estavam muitos idosos prontos para ouvir as histórias. Tinham decorado com a minha colega o espaço destinado ao contador. Sentei-me e lá comecei a contar as histórias. É claro que tive de repetir a história  do “rapaz da coisa” para delírio dos presentes. No final da sessão, encheram-me de beijos e abraços e mostraram o seu agrado pela sessão “devia vir cá todas as semanas”, diziam alguns.

Seguiu-se a formação para os funcionários da instituição. Desta vez fui dar um workshop sobre desenvolvimento pessoal. Tendo as histórias verdadeiras lições e mensagens profundas sobre nós próprios, achei que seria uma boa forma de abordar o tema. Depois de uma introdução, distribuí uma história a cada duas pessoas para lerem, reflectirem e depois partilharem com o grupo. A forma encontrada resultou muito bem e no final das duas horas do workshop foi bom ouvir uma formanda a dizer “já acabou! ficava aqui mais umas horas”.

Agora  é esperar que este dia perdure na memória dos que assistiram. Para o ano, sei que estarei de volta ao centro com muito gosto, afinal, começo a fazer parte desta casa e desta família. Obrigado!

Anúncios

Sessão de Contos em Portimão

Bruno Batista conta histórias na Casa Teixeira Gomes

 Em período de férias escolares da Páscoa, a Casa Manuel Teixeira Gomes oferece um programa diversificado para Pais e Filhos, promovendo a troca de experiências e descobertas entre si, num ambiente descontraído e divertido!

Eu irei lá estar no dia 15 de Abril, pelas 15h para contar contar histórias ligadas com a água e o mar. A actividade é gratuita, mas no entanto será necessária uma inscrição.

Para aceder à ficha de inscrição e a todo o programa da iniciativa clica  aqui «««««

Aparece!

História de um letreiro

Como  um letreiro pode mudar a realidade…
 
Eu já conhecia esta história na forma escrita. Recebi-a agora no meu mail em forma de curta-metragem através de uma amiga e resolvi partilhá-la.
Posso dizer que é a história de um criativo publicitário que resolveu pôr os seus conhecimentos ao serviço de um mendigo.
Esta história mostra que com a forma certa, tudo é possível. Basta saber as palavras mágicas.
 
  
 
 

Palavras Andarilhas 2008

A Magia da Palavra está de volta a Beja
Palavras Andarilhas 2008
de 24 a 28 de Setembro

Palavras_Andarilhas_08

Entre os dias 24 e 28 de Setembro decorrerá, na Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago- as "Palavras Andarilhas 2008". Neste Encontro de Contadores , que já vai na sua 10ª edição, são desenvolvidas novas práticas na promoção do livro e da leitura através da narração e dos contadores andarilhos que vão espalhando a palavra pelo país.

Durante cinco dias decorrerão diversas actividades de promoção literária e cultural, com colóquios, encontros e até uma maratona de 10 horas de leitura em alta voz.

As "Palavras Andarilhas" propõem-nos ainda, o Estafeta de Contos, um projecto em torno do contar, partilhado e assumido pelas instituições que nele participam. Pretende-se com este projecto assegurar sessões de contos em todas as instituições inscritas promovendo assim a prática da narração.
 
Segundo palavras da organização:
 

“Quinze são os anos de livros abertos numa biblioteca que é cidade de palavras à beira planície. Dez, os anos das Palavras que, Andarilhas, erram pelos lugares sem nome, só de céu e sonhos feitos. Na partilha, daqueles e destas, a cumplicidade de saber que é no imenso esplendor da palavra que nasce o entendimento e que é do entendimento que nasce o mundo, e depois as pessoas, e depois o diálogo, e depois o silêncio. No silêncio ressoam vozes, cores, cheiros e sabores, todos diferentes porque outros, todos diferentes porque se escutam lá ao longe e aqui, da terra para o céu e do céu para a terra e falam de uma Torre gigantesca, a dar para a lua, onde se contam histórias do mundo inteiro, histórias sem lugar nem tempo e são enfim o que se diz e se escuta, diálogo, também ele sem nome porque de imaginação, de pessoas e palavras feito.”

 

Se quiser saber mais ou increver-se no encontro visite a página da Câmara municipal de Beja

dedicada ao evento.

 

Para todos os professores

Jogo "Dá na Ministra" 
 
Hoje deixo um jogo que me tem ajudado nos dias em que me sinto revoltado com o sistema. Como tem resultado comigo, resolvi partilhá-lo com todos os que dele precisem. Divirtam-se e curem as vossas frustações…
 

Bailes Marafados

   Sugestão

   "Bailes Marafados"
   Faro – 12 Maio / 9 Junho/ 19 Julho
    Org. ARCA
 
   
A ARCA organiza o I Festival de Danças e Músicas Tradicionais do Mundo Bailes Marafados, nos dias 12 de Maio, 9 de Junho e 14 de Julho, em Faro.
 
A troca de experiências interculturais foi uma das principais motivações para a iniciativa da Arca, que refere: “entendemos que a música e a dança de raiz tradicional são meios essenciais para propor uma nova abordagem de relacionamento pessoal e interpessoal”.
 
Os Bailes Marafados têm lugar no Jardim da Alameda João de Deus, em Faro. O primeiro, no dia 12 de Maio é animando pelo grupo Alfa Arroba, o segundo (9 de Junho) está a cargo do grupo Uxu Kalhos e os Fol&Ar encerram a festa no dia 14 de Julho.
 
 

Contos da Liberdade em Faro e arredores

Contos da Liberdade
V Festival de narração oral
de 19 a 24 de Abril
 
 

  Aqui fica mais uma sugestão, O V Festival de Narração Oral “Contos de Liberdade” que vai  
  decorrer em Faro, Loulé, e São Brás de Alportel, de 19 a 24 de Abril.

  A ARCA – Associação Recreativa e Cultural do Algarve convidou “contadores de histórias” a
  reflectir sobre o tema “Liberdade” através de contos para crianças e adultos.
  No leque de convidados, nacionais e internacionais, encontram-se Boni Ofogo, natural dos 
  Camarões, Carlos Moreira chega do Brasil, Helena Tapadinhas é algarvia e a dupla Trimagisto, 
  composta por Nuno Coelho e Luís Correia Carmelo, vem de Évora.
  O grupo musical Mosca Tosca também anima o festival, com Vítor Cordeiro, Mário Dias, Luísa
  Corte e Matias a apresentarem valsas lentas ou agitadas coreografias.
  Os locais para ouvir uma boa história variam. Pode ser numa biblioteca, num bar ou mesmo ao ar
  livre, o importante é reavivar memórias 33 anos depois da Revolução de 25 de Abril de 1974, que
  marca o início do pensamento livre em Portugal.
 
Mais informações sobre o festival e o programa em http://www.arca-algarve.org/contos/
 
 
 

Arquivo

Calendário

Novembro 2017
S T Q Q S S D
« Ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Eu no Twitter

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 5 outros seguidores


%d bloggers like this: